8 Dicas para Gerenciar Mais de um Medicamento ao Mesmo Tempo

O Malabarismo que Involve Gerenciar Múltiplas Medicações Pode Ficar Mais Fácil com Alguns Truques Simples.

Dan
Dan
4 de abril de 2018
Grupo de malabaristas

“Hmm, acho que esqueci de tomar meu remédio”. Esta frase, ou variações similares, são parte da rotina de milhares de pessoas todos os dias. Se já é fácil esquecer de apenas um rémedio, imagine se o tratamento for mais complexo e exigir vários tipos diferentes. Manter o controle de todos e ingerí-los no horário certo pode se tornar uma tarefa um tanto difícil. Uma pesquisa realizada na Faculdade de Farmácia da UFMG e realizada em 2017, mostrou que cerca de 10% dos brasileiros adultos e 18% dos idosos acima de 65 anos fazem uso da polifarmácia, ingerindo mais de 5 medicamentos ao mesmo tempo. Essa diferença se deve em parte pelo fato de que a polifarmácia tende a se tornar mais prevalente com a idade.

Apesar das dificuldades, no entanto, é importante encontrar um sistema que funcione para você, pois a medicação somente terá o efeito desejado se for ingerida conforme a prescrição. Aqui estão algumas dicas e truques que podem lhe ajudar com isso.

Como você gerencia seus medicamentos? Conte-nos sua história nos comentários abaixo.

Esteja atento às interações medicamentosas

Mais importante do que os problemas relacionados à rotina dos medicamentos, são as interações que podem ocorrer entre eles. Devemos ficar atentos ao fato de que um remédio pode interagir com outro e consequentemente, levar à perigosos efeitos colaterais. A cada medicação extra que você ingere, o risco de que ele influence os efeitos dos demais, aumenta. É essencial que seu médico tenha conhecimento sobre todas as medicações que você ingere, mesmo que sejam simples pílulas para a dor de cabeça. Até mesmo suplementos vitamínicos e certos homeopáticos podem alterar os efeitos dos remédios que você toma. É melhor prevenir do que “remediar”.

Você pode tomar precauções como comprar seus medicamentos sempre na mesma farmácia, deste modo você garante que a farmácia tenha registro de todo e qualquer remédio que você possa ter comprado, e seu farmacêutico vai poder acompanhar seu histórico e lhe alertar sobre qualquer risco de interação.

Faça uma lista de seus remédios

Quanto mais medicações você tomar, mais difícil será controlá-las. Vale a pena manter uma lista detalhada de cada medicamento, para que serve, qual é a dosagem recomendada pelo médico e seus efeitos, além de características específicas do medicamento, como o tamanho da caixa ou comprimidos, cor, formato e informações da embalagem, a marca do remédio, se é original ou genérico, etc. Assim, você terá sempre em mãos um guia fácil que pode lhe salvar quando for consultar o médico e precisar dar informações sobre sua medicação. Além disso, esse relatório pode ser útil para que sua família e amigos também tenham conhecimento dos comprimidos que você ingere, e assim estar preparados caso algo aconteça. Toda vez que for renovar sua prescrição ou for indicado algum remédio novo, confira e atualize sua lista.

Seja fiel ao seu tratamento

Os remédios que você toma só terão realmente seu efeito se forem ingeridos conforme o indicado. Está certo que, a cada medicação extra que você tenha que ingerir, fica um pouco mais difícil, lembrar de ingeri-los. Mas existem soluções. Aqui estão algumas dicas que podem tornar sua vida um pouco mais fácil:

  • Estabeleça rotinas

    Humanos são criaturas que se guiam por hábitos, e a imensa carga de compromissos que somos obrigados a gerenciar diariamente faz com que tenhamos que construir uma rotina para não perder o ritmo. Trabalho, estudos, academia, supermercado, buscar as crianças na escola, se alimentar pelo menos 6 vezes por dia - são poucos os que conseguem gerenciar tudo isso e ainda lembrar dos horários dos medicamentos. Algumas técnicas podem ajudar, como deixar os remédios perto da escova de dentes, na mesa de jantar ou colados na porta da geladeira, lugares que você frequentemente acessa e que lhe façam lembrar de ingeri-los. Contanto que tais locais sejam secos e arejados e fora do alcançe de crianças ou animais de estimação, é um jeito simples de incorporar os remédios na sua rotina.

  • Use seu celular

    Smartphones são parte de nossas vidas e se tornaram itens indispensáveis no dia-a-dia de muitos. Eles são ferramentas incríveis, e dentre as dezenas de funcionalidades que oferecem, existem algumas que podem lhe ajudar em seu tratamento. Configurar alarmes na agenda é super simples, e eles podem ser personalizados de forma diferente para cada remédio. Caso você queira ir mais além, ainda existem as lojas virtuais de aplicativos onde você encontra ferramentas específicas para isso, como o MyTherapy (disponível para iOS e Android, que foi desenvolvido exatamente com esse objetivo. Não importa o quão complicada seja sua prescrição médica, o aplicativo, que organiza os horários dos medicamentos, irá lembrar você no momento exato de ingerir cada dose, além de lhe avisar quando novas caixas precisarem ser compradas. O aplicativo serve como um acompanhamento do seu tratamento e possibilita o registro dos seus sintomas, efeitos colaterais e resultados de exames. Permite assim que você saiba de forma geral se houve melhora ou não.

aplicativo lembrete de remédios

App para Múltiplas Medicações

  • Lembretes para medicamentos
  • Verificador de sintomas e bem-estar
  • Relatórios de saúde imprimíveis
Download now Download now

  • Caixinhas organizadoras

    Se você prefere opções não tecnológicas, as famosas caixinhas organizadoras de comprimidos são uma ótima maneira de preparar sua medicação para a semana. Você pode usar um compartimento para cada dia, e sub-compartimentos para cada hora. As formas mais comuns são geralmente as de plástico, mas recetemente elas passaram por renovações, e agora incluem dispensers e alarmes que podem enviar notificações para seu celular.

  • Marque no calendário

    Enquanto as soluções tecnológicas fornecem opções mais práticas, os calendários de papel, por sua vez, não tem o risco de ficar sem bateria, e podem também ser ferramentas bem úteis. Um calendário que esteja à vista, com anotações claras, facilita com que você se lembre do que é preciso ingerir naquele dia.

  • Peça ajuda aos amigos e família

    Como quase tudo na vida, manter um bom controle dos seus medicamentos fica mais fácil com o apoio de seus amigos e família. Tendo acesso aos detalhes do seu tratamento, eles serão capazes de lhe ajudar a garantir sua assiduidade na ingestão dos remédios.

Porque isso é importante

Independente de qual remédio for, ele só será eficiente para sua saúde se for ingerido de forma correta. O não seguimento da receita médica – também conhecido pelo termo “não adesão”– pode ser perigoso e oferecer riscos sérios à saúde. A não adesão medicamentosa está fortememente relacionada ao aumento das taxas de hospitalização e mortalidade, como no caso da diabetes e das doenças pulmonares, em que podem haver pioras ou complicações.

Ainda que tomar diversas medicações no mesmo tratamento possa ser desafiador, um pouco de planejamento, e o uso das ferramentas certas, será possível prevenir tais situações e até melhorar sua qualidade de vida, evitando que o tratamento se torne um peso para você.

Você tem mais dicas de como gerenciar diversas medicações? Deixe seu comentário abaixo!

MyTherapy aplicativo de medicação e lembrete de atividades

MyTherapy gerenciador de medicamentos

Se você toma diversas medicações, MyTherapy é o aplicativo perfeito para setar alarmes que se ajustam à sua rotina, assim como registrar medições importantes e lembretes para atividades físicas.